Dreams of a summer night
Soltava sorrisos ao vento, mas fazia de suas lágrimas, prisioneiras
“Conheço pessoas que não têm ciúme. E admiro, admiro mesmo. Já ouvi falar que ciúme é sinal de insegurança, que ciúme é imaturidade, que ciúme é bobagem. Já ouvi dizer que ciúme é prova de amor. Olha, eu não sei definir o que é o ciúme, só sei dizer que a gente fica meio cega, meio burra, meio surda e fala muita besteira. E depois se arrepende. Acho que um pouquinho de ciúme é saudável.”
~ Clarissa Corrêa.   (via enflorarme)

“[…] Talvez um dia eu trate os outros com o mesmo desprezo com que me tratam. Ah, se eu pudesse!”
~ O Diário de Anne Frank   (via reaprovei)



“É difícil pra mim, sabe? Eu me pego pensando em você, nas coisas que quero te contar, nas coisas que acho engraçadas e estranhas, mas você não está por perto.”
~ Dezoito Luas. (via alentador)

“Eu não sabia direito o que queria, nem quando queria, nem como queria. Mas eu sabia que queria você comigo, sabia que tudo seria melhor se você estivesse aqui.”
~ Mateus William  (via postada)

“Eu realmente não consigo idealizar alguém apaixonado por mim. Eu não consigo imaginar alguém pensando em mim antes de dormir, ou contando para os seus amigos sobre mim com um sorriso bobo. Eu não consigo imaginar ninguém nas nuvens porque eu disse um “oi” ou qualquer coisa assim. Não consigo imaginar alguém sorrindo para a tela do computador quando a gente está conversando. Sei lá, só não consigo.”
~ Desconhecido.   (via enflorarme)

“Sobre estar sozinho, eu entendo muito bem. Eu sei o que é estar constantemente no escuro, sem ninguém para me ajudar. E isso meio que virou uma rotina, perder amigos, perder pessoas, e ficar derramando lágrimas ao lado de memórias. No fim da tarde, sei bem as dores que carrego no peito.”
~ A culpa é mesmo das estrelas?  (via alentador)

Se não for pra ser única, prefiro ser nada.